2020 Notícias

CONTANDO A HISTÓRIA DA PREP POR MEIO DE FOTOS

O estudo 3P for Prevention (Partners, Perceptions e Pills [Parceiros, Percepções e Pílulas]), que avalia o uso e adesão da profilaxia pré-exposição (PrEP) ao HIV em meninas e mulheres adolescentes na Cidade do Cabo, na África do Sul, decidiu tentar uma metodologia alternativa: incorporar, por meio do projeto PhotoVoice, a fotografia para que as jovens documentem suas experiências com a PrEP. As fotos adicionaram um componente visual à pesquisa e ajudaram a moldar a conversa sobre a profilaxia. As imagens criadas deram aos pesquisadores uma visão única das perspectivas das participantes, revelando novas dimensões de suas experiências e os fatores que incentivavam ou desencorajavam o uso do medicamento.

Pesquisadores do programa Women’s Global Health Imperative (WGHI) conduziram o projeto em parceria com a Desmond Tutu HIV Foundation. Seis mulheres jovens se ofereceram para participar durante um período de duas semanas, em julho de 2018. Os pesquisadores apresentaram o PhotoVoice como uma ferramenta em que as participantes poderiam refletir sobre o que motivava ou impedia o uso da PrEP. Na época, elas faziam uso da profilaxia há cerca de um ano, como participantes do estudo 3P for Prevention.

Ao usar recursos visuais, com legendas breves como o principal modo de comunicação, o PhotoVoice trouxe à tona aspectos particulares que podiam não surgir em entrevistas e pesquisas, já que em atividades com jovens manter o interesse e a motivação pode ser tarefa difícil. “Esse projeto foi uma maneira divertida de envolver as participantes”, diz Shannon O’Rourke, da WGHI. “O PhotoVoice explorava uma parte diferente do cérebro das jovens quando contavam suas experiências com a PrEP”, complementa Ariane van der Straten, pesquisadora sênior e diretora da WGHI.

O projeto começou como uma sessão de treinamento de um fotógrafo local sobre o método PhotoVoice e os elementos básicos da fotografia. As jovens participaram de uma série de reuniões de acompanhamento, nas quais compartilharam suas fotografias e discutiram o que esperavam capturar sobre suas experiências com a PrEP. Os facilitadores do projeto participaram fornecendo orientações, feedbacks e sugestões.

O PhotoVoice foi estruturado em torno de três tópicos – relacionamentos, percepção de risco e mensagens – que surgiram como temas principais em entrevistas com as participantes do projeto 3P for Prevention. O uso desses mesmos temas como guia para as fotografias permitiu aos pesquisadores comparar as imagens com as entrevistas. As participantes também foram incentivadas a ir além desses temas e fotografar qualquer coisa que relacionavam com a PrEP. O projeto culminou com uma exposição no Centro de Juventude DTHF, em Masiphumelele, na Cidade do Cabo, local onde fica sediado o estudo.

Fonte: site da Avac, de 10 de abril (https://www.avac.org/blog/photovoice-project)