Outros temas

Estudo revela a relação de usuários de PrEP com os preservativos

O projeto de demonstração Amsterdã PrEP revelou alguns dados interessantes na relação entre a profilaxia pré-exposição (PrEP) ao HIV e o uso de preservativos, tendo seus resultados publicados na revista on-line AIDS, em novembro de 2020, por Hanne Zimmermann e equipe do Serviço de Saúde Pública de Amsterdã.

Os pesquisadores coletaram dados diários baseados em aplicativos de 352 participantes (351 homens gays e bissexuais e uma mulher trans) de 2015 a 2019, a respeito de como tomavam a PrEP e se faziam sexo anal ou não. Se o participante fazia sexo anal, eram solicitados mais detalhes sobre o parceiro e o uso de preservativo.

A idade média no início do estudo era de 39 anos, com a maioria dos participantes se identificando como brancos (86%) e com ensino superior (77%). A maior parte optou pela PrEP oral diária (74%), enquanto os demaispela PrEP 2+1+1 para a época dos encontros sexuais.Um total de 48.949 atos sexuais foi relatado ao longo do estudo: 11.632 com parceiros fixos, 19.547 com parceiros casuais conhecidos e 17.770 com parceiros casuais desconhecidos.

O uso apenas de PrEP foi relatado pela maioria (81%) para sexo com qualquer tipo de parceiro, independentemente do esquema escolhido da profilaxia. Os participantes apontaram a confiança na eficácia das estratégias de prevenção biomédica e de poderem contar com a PrEPpara não precisarem usar preservativo em relação à prevenção do HIV. Além disso, falaram sobre o prazer do sexo sem preservativo, sobre a percepção do preservativo não ser totalmente eficaz para evitar outras infecções sexualmente transmissíveis e as dificuldades de retornar ao preservativo depois de se acostumar com o sexo sem ele.

Em alguns casos, os participantes sentiram que precisavam usar preservativos além da PrEP. Esse foi esporadicamente o caso dos que faziam sexo anal com parceiro fixo (6% para usuários de PrEP 2+1+1 e 3% para usuários de PrEP oral diária), mas foi visto com mais frequência nos que faziam sexo anal com parceiros casuais, especialmente com desconhecidos (21% para usuários de PrEP 2+1+1 e 20% para usuários de PrEP oral diária).

Fonte: site do Aidsmap, de 30 de novembro de 2020 (https://www.aidsmap.com/news/nov-2020/how-prep-users-decide-whether-use-condoms)

Link do artigo: https://journals.lww.com/aidsonline/Abstract/2020/12010/Decision_making_regarding_condom_use_among_daily.14.aspx